As novas regras para o aviso prévio nas empresas

No mercado de trabalho, todos que são contratados no regime de CLT (registrados em carteira) possuem benefícios e também deveres. Um dos deveres, o cumprimento do aviso prévio, sofreu mudanças que são de extrema importância tanto para as empresas como para os funcionários.

Como era antes - quando o trabalhador deixava o emprego por vontade própria, ele tinha que continuar trabalhando por 30 dias. Se não quisesse cumprir esse prazo, deveria ressarcir a empresa pelos mesmos 30 dias. Por outro lado, quando o empregado era demitido, a empresa tinha a obrigação de mantê-lo trabalhando por 30 dias ou liberá-lo, pagando pelo período não trabalhado. Essas regras valiam somente para o empregado contratado há, no mínimo, um ano.

Como é agora- com a nova Lei do aviso prévio, o trabalhador que tem um ano de emprego mantém os 30 dias, mas, para cada ano a mais de serviços prestados, o aviso prévio aumenta em três dias, podendo chegar até o limite de 90 dias. Para ter ou cumprir o aviso máximo, o funcionário terá de ser contratado há mais de 20 anos na empresa.

As mudanças geraram muitas opiniões diferentes de ambos os lados, em especial dos empregadores, que sofrem com altos encargos e indenizações relacionados diretamente com a folha de pagamento.

Para você, a mudança beneficia mais o empregado ou o empregador?

Digg This
Reddit This
Stumble Now!
Buzz This
Vote on DZone
Share on Facebook
Bookmark this on Delicious
Kick It on DotNetKicks.com
Shout it
Share on LinkedIn
Bookmark this on Technorati
Post on Twitter
Google Buzz (aka. Google Reader)

No related posts.

Posts relacionados trazidos a você pelo Yet Another Related Posts Plugin.

  • jucimario

    dezembro 15th, 2011

    isso ai ta muito errado… por nao aumentao nossos salario para termos pelomenos uma vida digna!!!
    essa lei ele nao aprovao , mas o salario deles eles acham pouco se tratando do senador e os politicos em geral.

  • novinho

    dezembro 21st, 2011

    o empregado

  • Arimarcos Costa

    janeiro 5th, 2012

    Pra mim beneficia mais o Empregado se bem que fica uma situação chata pra ambos, uma vez que dificilmente um empregado vai trabalhar com a mesma vontade sabendo que vai ser demitido, e por outro lado a Empresa deve sentir o mesmo desconforto.

  • Adriana Leite

    maio 21st, 2012

    Estamos vivendo uma outra época, tal lei não condiz com o momento atual para ambos os lados, que primeiramente hoje é muito improvável um funcionário ficar 20 Anos numa empresa e quando à insatisfação de alguma parte o melhor mesmo adiantar o processo.

  • No trackbacks yet

Leave a Comment

* are Required fields



site tracking with Asynchronous Google Analytics plugin for Multisite by WordPress Expert at Web Design Jakarta.